“não vai crescer muito”